sábado, 5 de janeiro de 2008

Os sabidos

A gente se sabe
Não se sabe como
Simplesmente sabe
Um do outro
Por dentro

Só não sabemos um detalhe
De localização

Como é que pode?
Saber sabendo
E não saber lugar

A gente se entende
Como ninguém mais
Mas não sabe se encontrar

Ah, se soubesse onde
Ia correndo
Nem precisava te contar
Você também saberia

(Diz que agora sabe!?
Sem me contar)

Um comentário:

sobressalto disse...

ando escrevendo compulsivamente nessas ferias...
sou soh eu eh?
escreve aíiiiii
beijos